sábado, 10 de outubro de 2009

Por que há tanta diferença entre estes lugares?


Rondônia, capital Seul


Professor Nazareno*


Rondônia é um dos 26 estados do Brasil, isto poucos brasileiros sabem. A Coréia do Sul é um país da Ásia e junto com a Coréia do Norte formam a península coreana, próxima à China. Rondônia tem 245 mil quilômetros quadrados de área e uma população de apenas um milhão e meio de habitantes. O país asiático tem uma área de pouco mais de cem mil quilômetros quadrados, portanto menos de metade do Estado de Rondônia e uma população superior a 52 milhões de indivíduos, ou seja, mais de 30 vezes o número de habitantes daqui. Os sul-coreanos pertencem ao mundo civilizado e têm um IDH muito elevado. Rondônia é a quinta ou a sexta periferia do capitalismo.

O rio Han, de águas cristalinas, corta a imponente capital coreana. O rio Madeira, de águas barrentas e cheio de lixo boiando em sua superfície, margeia a capital dos rondonienses. O Estado brasileiro se situa entre dois grandes biomas conhecidos mundialmente: a floresta Amazônica e o Cerrado e, além disso, tem excesso de recursos minerais e está localizado dentro da maior bacia hidrográfica do mundo. Os coreanos têm uma natureza madrasta e não podem se orgulhar de quase nada em termos de abundância natural. Na década de 50 o então Território Federal do Guaporé vivia a euforia da Marcha para o Oeste. Já os sul-coreanos viviam o horror da guerra com mais de 3 milhões de mortos.

Samsung, Ásia Motors, Kia Motors, LG, Hyundai, Dae-woo, são marcas sul-coreanas conhecidas e consumidas no mundo inteiro. Os eletrodomésticos fabricados naquele país da Ásia são referências em qualquer parte do planeta. Aqui se produz apenas um refrigerante de nome impronunciável cujo alcance de consumo mal consegue chegar à divisa. Ban Ki-moon, político nascido na Coréia do Sul, é o todo poderoso Secretário Geral da ONU, a Organização das Nações Unidas. Em Rondônia, como exemplos de políticos, temos apenas Ivo Cassol, Expedito Junior, Fátima Cleide e Roberto Sobrinho.

Kim Dae-jung foi um ex-presidente que no ano 2000 ganhou o Prêmio Nobel da Paz. Por aqui ninguém nunca ganhou prêmio de nada. Ninguém daqui jamais foi indicado para absolutamente nada. Os maiores prêmios por estas bandas aparecem somente nas pífias exposições agropecuárias. Uma tal de Bailarina da Praça é o símbolo maior do lugar. As maiores expressões locais são pessoas geralmente oriundas de outros estados da federação. O Marechal Rondon era mato-grossense, Jorge Teixeira era gaúcho, Aluízio Ferreira era carioca e o Major Fernando José Guapindaia era natural do Estado do Maranhão, embora tenha vivido muito tempo no Amazonas.

Rondônia e Coréia do Sul têm estas enormes diferenças por que esta investiu maciçamente em educação enquanto aquele insistiu em copiar tudo que deu errado no Brasil. Levando-se em consideração a Guerra da Coréia que terminou em 1953 e a península Coreana fora dividida em dois países, pode-se afirmar que o nosso Estado é dez anos mais velho do que o país asiático. As Olimpíadas de Seul em 1988 e a Copa do Mundo de Futebol em 2002 são coisas do passado para os irmãos orientais. Enquanto o nosso PIB é algo risível em torno de cinco bilhões de dólares, a produção de riquezas dos sul-coreanos já ultrapassa a cifra de um trilhão de dólares. O quê nos falta?


* O Professor Nazareno leciona em Porto Velho


14 comentários:

Valdemar Neto disse...

Poderíamos começar a abandonar o comodismo que temos. Exigir que sejam cumpridos os nossos direitos; executar da mesma forma os nossos deveres. Definitivamente devemos nos impor mais; levantar a cabeça. Votar de forma consciente. Devemos AGIR e não sermos mais meros espectadores.

Anônimo disse...

SABE O QUE FALTA, MEU CARO PROFESSOR NAZARENO? FALTA AS PESSOAS, AS "GRANDES PERSONALIDADES" DESTE ESTADO ESTAREM NÃO SOMENTE DE CORPO PRESENTE, MAS DE \'ALMA\' PRESENTE TAMBÉM, SE É QUE ME ENTENDE. MUITA GENTE MORA AQUI, MAS VIVE EM OUTRO LUGAR, LUGAR ESTE QUE AS PESSOAS NÃO OBTIVERAM SUCESSO E VIERAM EM CARROÇA DE BOI PARA CÁ NÃO É? POIS BEM... AS PESSOAS QUE VIERAM TRABALHAR NA CONSTRUÇÃO DAS USINAS DE JIRAU E SANTO ANTÔNIO, DE OUTROS ESTADOS, COM A MAIS ABSOLUTA CERTEZA VÃO FICAR POR AQUI QUANDO TERMINAR-LAS NÃO É? OS COREANOS INVESTIRAM EM GENTE QUE ACREDITA NO SEU PAÍS, QUE JAMAIS ABANDONARIAM A SUA PÁTRIA, E SE RECONSTRUIRAM DEPOIS DE SEREM HUMILHADOS EM 1945. ALIÁS, NÃO SO OS COREANOS, COMO OS JAPONESES TAMBÉM. SOU NASCIDO EM PORTO VELHO, TENHO 22 ANOS E VEJO MUITA GENTE RECLAMANDO QUE SO ESTÁ ESPERANDO A HORA DE SE APOSENTAR PARA VOLTAR A TERRA DE ORIGEM, DE ONDE PARTIRAM COM O RABINHO ENTRE AS PERNAS E ESTA TERRA DE PIB "RISÍVEL" OS ACOLHERAM DE BRAÇOS ABERTOS. PORTANTO, PROFESSOR NAZARENO, O QUE FALTA NÃO É INVESTIMENTO, POIS TEM, SO NÃO SABEMOS PARA ONDE VAI, GENTE CAPACITADA, TEM SIM, PODE ATÉ SEREM POUCAS, MAIS TEM. O QUE FATA, É COMPROMISSO COM ESTA TERRA, SOMENTE ISTO. QUE AS PESSOAS ESTEJAM DE CORPO E ALMA AQUI EM RONDÔNIA, SÓ ISSO

Comentário extraído do site www.rondoniaovivo.com.br

Anônimo disse...

Pela 3ª vez eu te pergunto NAZARENO, O QUE ESTÁS FAZENDO AQUI? vivendo como você disse: na PERIFERIA DO CAPITALISMO, NO ESTADO QUE OS BRASILEIROS NÃO CONHECEM,BEBENDO AGUA DO RIO CHEIO DE LIXO,tenho certeza que a agua que você bebe vem do madeira, CUIDADO PRA VC NÃO TER UMA DIARREIA MEU IRMAO... comparar RONDONIA com A COREIA DO SUL, da licença meu irmão...OFENDER A BAILARINA DA PRAÇA... pelo menos nunca vi ela triste, sempre encontro-a sorrindo e cumprimentando as pessoas, enquanto VC DEVE SER AMARGO E TRISTE SEM ORGULHO DE SI MESMO, SERA QUE VC ESTA PELO MENOS FAZENDO SUA PARTE COMO PROFESSOR? VC SÓ SABE OFENDER AS PESSOAS NAZARENO, VEM DIZER AGORA QUE OS COREANOS NÃO TEM ORGULHO DA NATUREZA DELES, COMO VC SABE DISSO, POR ACASO VC VIVEU LA NA FLORESTA DE SEUL? MAIS UMA VEZ TE FALO NAZARENO: APESAR DE TODOS OS PROBLEMAS, TENHO MUITO ORGULHO DA MINHA CIDADE E DO MEU ESTADO, SOU NASCIDO E CRIADO AQUI, E TE DIGO DE CORAÇÃO: ESSA TERRA ME ENSINOU A NÃO OFENDER NINGUEM E A RECEBER TODOS DE BRAÇOS ABERTOS, E, DESTA VEZ NAZARENO, NÃO VOU PEDIR PRA VC IR EMBORA NÃO, AFINAL, VC FEZ EU DESCOBRIR QUE AMO MINHA TERRA... VALEU NAZARENO... FICA AQUI... SÓ TENHA CUIDADO COM A AGUA DO RIO...VAI SABER...

Comentário retirado do site
www.rondoniaovivo.com.br

Joice Xpds disse...

"Rondônia tem 245 mil quilômetros quadrados de área e uma população de apenas um milhão e meio de habitantes. O país asiático tem uma área de pouco mais de cem mil quilômetros quadrados, portanto menos de metade do Estado de Rondônia e uma população superior a 52 milhões de indivíduos, ou seja, mais de 30 vezes o número de habitantes daqui."

Grande vantagem...

Se seus argumentos não fossem só reclamações repetitivas e chatas talvez o mundo conseguisse aproveitar sua revolta assim como aproveitou a revolta de grandes pessoas ao redor do mundo.

O Sr. é professor e tem uma grande arma nas mãos. Mude o mundo colega. Ensine seus pupilos, que tanto te admiram (Inclusive eu),a serem rebeldes com causa, politizados. Organize sua escola para o bem.
Ensine-os a protestar e AGIR com força, praticidade e consciência. Você tem embasamento científico e tem acesso a jovens e adolescentes que estão dispostos aprender.
Custa tentar fazer alguma coisa mais útil? Custa. Mas vale a pena.

Anônimo disse...

#

joeser alvarez - 13/10/2009

Nazarenooooo!Como diria aquele personagem de Chico City....vc um cara tão conhecedor de tudo, desconhece q um grupo de artistas de Porto Velho ganhou o UNESCO Digital Arts Award 2007 concorrendo com 254 de 50 países?Podia ter dispensado a ignorância do que acontece na cidade (e no Estado) pra descarregar a sua baixa auto-estima e começado a fazer algo pelo lugar que lhe dá o pão e o teto...além de criticar APENAS...onde é que podemos ver o seu EXCELENTE trabalho ou a sua OBRA originalíssima? Desconfio muito de neguinho q SÓ SABE FALAR, meter a taca no angú alheio(ou coletivo) e NADA FAZER, PUBLICAR OU REALIZAR....quando é que veremos o seu EXCELENTE TRABALHO? Quando é que veremos a sua OBRA literária original?Onde está a SUA contribuição concreta para que esse estado de coisas mude ALÉM DAS PALAVRAS FRUSTRANTES DE AMARGURA E DO CUSPIR NO PRATO EM QUE COME?qUEM É Nazarenoooooo??talvez um personagem fictício ddo Porto City - gargalhemos então...rá,rá,rá,rá,rá,


Comentário retirado do site
www.rondoniaovivo.com.br

Anônimo disse...

aimundo n b silva - 13/10/2009

olha voce pra um professor precisaria muito estudar um pouco, principalmente historia, para não sair po ai fazendo esse tipo de comparação, achando que esta escrevendo algo muito inteligente. cara a coreia não nasceu em 53, ela foi dividida ao meio, e muito diferente. e alem do mais qual e o sentido de vc comparar um estado, uma parte do Brasil com um pais, e porque a coreia qual a semelhança que temos. se voce não sabe somos de cultura totalmente diferente. e vc fala um monte de besteiras, dizer que o rio madeira esta cheio de lixo boiando, onde e que tu viu isso????. e se refere a tal bailarina da praça, pelo menos um pouco de respeito vc devia ter, e se ningeum aqui ganhou nenhum premio e porque não mereceu, e alias ja que voce esta aqui e se acha tão bom porque voce então não ganha um pra nos em genioooooooo.

comentário retirado do site
www.rondoniaovivo.com.br

Anônimo disse...

#

Célio - 13/10/2009

Vamos deixar de bairrismo bobo... também sou da qui, mas convenhamos, nossa cidade está um lixo, já foi muito melhor, no passado não muito longe, tenho 43, nosso lugar tinha elan, as pessoas eram educadas...agorra, além da nova geração serem um bando de desajustados, os que vem para essas bandas também nada contribuiem... o que o nazareno tentou retratar é uma triste visão da pobreza geral em que vivemos.... o dia que os bairristas de plantão tiverem a oportunidade de conhecerem outros lugarem,, mas não para irem "prá barca", com certeza terão uma visão uma horripilante daqui, e não precisam ir à europa não, basta conhecer o sul do país. e digo mais, ainda não fui embora daqui apenas por falta de oportunidade, por que vontade, hummmmm..... se conhecerem a história recente do vale do itajaí(sc), que fora destruido 2 vezes em uma década pelas enchentes verão o que estou dizendo.

Comentário extraído do site
www.rondoniaovivo.com.br

Anônimo disse...

a grande questão é :será que vc está errado?

Anônimo disse...

#

edglei souza - 13/10/2009

CÉLIO, acho que vc trocou as palavras. vc não foi embora daqui por falta de oportunidade não, vc tem é medo de não encontrar oportunidade melhor em outro lugar... ´vc ja fez sua parte pra melhorar a cidade,ou passou esses 43 chorando de barriga cheia igual o NAZARENO?... RESPEITA RAPAZ...

Anônimo disse...

Célio - 14/10/2009

Caro edglei souza, não consegui entender a falta de respeito... acho que vc é daqueles que viajam para ir as barcas, oportunidades se criam em qualquer lugar. quanto ao Nazareno,entendi menos ainda, acho que se é da mesma pessoa que falamos, ele viveu feliz do seu modo... cada qual no se quadrado... quanto a vc não fasso a menor idéia quem seje. quanto a melhores oportunidades... acho que não tenho esse problema não... talvez pela sua forma de se expressar, nem aqui a terá.... abraço.... seja feliz... ao menos. aliás... o único medo é devido a atrofia celebral existe por aqui... você já ouviu falar em IDH.... é uma pena vc nunca saberá o que um IDH positivo

Anônimo disse...

#

Gilson - 13/10/2009

Que comparação mais idiota, é por isso que a educação vai de mal a pior, tendo um professor dessa categoria atuando em nossas escolas nada de bom podemos esperar. Temos ótimos educadores, mas você Nazareno não faz parte deste grupo. Leia o seu artigo e veja quanta asneira você escreveu, aliás essas suas colocações não chega ser um artigo de tão péssima qualidade que é. Diga-me onde tu lecionas, pois assim poderei livrar meus netos de um péssimo profissional. Lugar bom para se viver é aquele que te dá condições para tirar o seu sustento. Deixa de escrever besteira e vai estudar Geopolítica, História Econômica, História das Civilizações... coisas que você não fez durante sua vida acadêmica, BABACA.

Joice Xpds disse...

Rondônia é destaque na 8ª Conferência Nacional dos direitos da Criança e do adolescente.
Modéstia a parte, sou rondoniense e contribui bastante. Foi pensando em você que eu disse aos 26 estados do Brasil que Rondônia Existe!

Arthur Quintela disse...

05/11/2009

Pobre Nazareno. Acha que é o dono da verdade mesmo. Acredita mesmo que é um dos poucos a saber que Rondônia é um ESTADO dos 26 que a Federação possui? Poucos? ora, "professor"? Esquece que seus chefes não são formados em academia alguma? Esqueceu que o Chefe Supremo é apenas alfabetizado? Esquece que cultura e educação são distintas? Ora, ora, "pobre moço rico"... Não me gabo de meus estudos e não violento a sociedade em que me encontro. Não sou o "papa da verdade". Quanto mais sei, sei que nada sei... Isso deveria ser aula para você, que conhece a Coréia e seus produtos industrializados, mas não conhece sua própria terra. "Benza Deus"!... Santa ignorância!...

Anália Cordeiro disse...

20/11/2009

Ei, Nazareno! Vc tem noção de tempo e espaço? Acha que por acasa, Rondônia que não tem nem 100 anos de "estado", pode ser comparada à Coreia? Vá se tratar!