segunda-feira, 12 de maio de 2008

O Primeiro Ciclo da Borracha e o surgimento de Porto Velho: uma redação que não obteve nota satisfatória. Observem-se os equívocos cometidos.

TEMA: - A fronteira do espaço amazônico só pode ser compreendida analisando a participação do Brasil no sistema capitalista global. Partindo desta análise, no final do século dezenove e início do século vinte, o Ciclo da Borracha abasteceu a industrialização dos EUA e da Europa provocando mudanças no espaço amazônico até hoje percebidas. Analisando as transformações do Primeiro Ciclo da Borracha, produza um texto dissertativo explicando as principais mudanças políticas, econômicas e sociais no Oeste Amazônico e a sua importância para o surgimento de Porto Velho.

A Bolívia tinha uma necessidade de escoar latex para o seu território, com isso surgiu a idéia da construção da ferrovia Madeira-Mamoré no Território Federativo do Guaporé (atual Rondônia), colocada em prática devido ao Tratado de Petrópolis.

Com a exploração da borracha, devido a sua valorização no mercado internacional houve um elevado índice de crescimento demográfico da região, chegando de algumas regiões do Brasil e de vários países. Com a introdução de empresas de exploração de minerios e de colonização agropecuária, essa população deslocou-se em direção ao planalto do Vale do Guaporé.

Em virtude do que foi mencionado, entre as décadas de setenta e noventa surgem núcleos populacionais que devido ao tempo transformaram-se em cidades, podendo destacar entre elas um núcleo maior, Porto velho (atual cidade do estado de Rondônia). Na década de noventa, o fluxo migratório de – cresceu, atualmente esse estado vem sofrendo enumeras emigrações.


Comentários: Infelizmente este texto não obteve uma nota boa tendo em vista que apresentou uma série de equívocos. Apresenta muitos erros gramaticais como a falta de acentuação nas palavras látex, minérios e inúmeras. A ortografia da palavra decresceu também apresenta problemas. Escreveu Território Federativo do Guaporé em vez de Território Federal do Guaporé. Observando-se atentamente percebe-se que o texto não apresenta o caráter de uma dissertação uma vez que já inicia discutindo fatos em vez de fazer uma apresentação (Introdução), discutir em dois parágrafos aproximadamente e concluir no último. Além disso, as informações prestadas não refletem a realidade da História tradicionalmente aceita. Não explica para os leitores o que foi o Primeiro Ciclo da Borracha, suas principais características, fatos como A questão do Acre, a Guerra do Pacífico e até a Segunda Revolução Industrial e a demanda pela borracha. Diz logo no início que a Bolívia tinha necessidade de escoar látex para o seu território quando a situação era inversa a isso. Inicia falando sobre o Território Federal do Guaporé, fato que só acontece no Segundo Ciclo da Borracha já durante a Segunda Guerra Mundial. Diz que houve um elevado índice de crescimento demográfico na região com a valorização da borracha no mercado mundial. Mas não cita que região é essa. Fala de empresas de colonização agropecuária, fato este que só se verificou muitos anos depois já próximo da consolidação do Estado no final da década de setenta e início da década de oitenta do século XX. Enfim, mistura fatos e datas como se não tivesse o domínio sobre o assunto. O início do segundo parágrafo está muito confuso: afirma “chegando de algumas regiões do Brasil e de vários países e não afirma quem é que chega. Na conclusão, o texto se torna hilário, folclórico mesmo: tenta concluir algo que não foi trabalhado anteriormente e mistura o Primeiro Ciclo da Borracha com a consolidação do Estado de Rondônia, fato verificado só no início da década de oitenta. Resumindo: as perguntas do tema não foram respondidas. O que foi o Primeiro ciclo da Borracha? No que esse fato contribuiu para o surgimento da cidade Porto Velho? Quais foram as principais mudanças sociais, políticas e econômicas do Oeste amazônico?

2 comentários:

Esleandro disse...

Tenho certeza que com a minha nota 5 ficaria entre as cinco piores, mas também tenho certeza de que consiguirei disserta de forma clara e coerente ao final desse bimestre!


Ass:Esleandro G. Leão
Serie: 3º I nº08

maloka.westphal disse...

Professor, adorei seu blog!
Serei uma leitora assídua!

:D