sexta-feira, 3 de dezembro de 2010

Rondônia e os segredos de Estado


A WikiLeaks e os Segredos de Rondônia


Professor Nazareno*


A WikiLeaks é uma organização transnacional sem fins lucrativos que publica, de fontes anônimas, em seu site, notícias, documentos, fotos e informações, tudo estritamente confidencial, de governos ou empresas sobre os assuntos mais sensíveis. O Governo dos Estados Unidos e de outros países, inclusive o Brasil, estão em polvorosa com as publicações que revelam, dentre outras coisas, segredos de Estado sobre a invasão do Iraque, do Afeganistão e a crueldade sobre a prisão norte-americana de Guantánamo em Cuba. O site publica também "conversas informais" de embaixadores sobre todos estes assuntos. O seu fundador, o australiano Julian Assange, está escondido em algum lugar no Reino Unido por ser acusado de assédio sexual na Suécia.

O medo deste site também está causando uma espécie de "saia justa" nas autoridades que fizeram e fazem parte dos governos do Estado de Rondônia nos vários poderes constituídos. Já pensou o escândalo que provocaria a divulgação de documentos secretos sobre os fatos que deflagraram a Operação Dominó pela Polícia Federal em 2006 na Assembléia Legislativa do Estado? Finalmente o povo de Rondônia entenderia qual é a importância deste poder na sua vida cotidiana. O site poderia também divulgar documentos muito importantes sobre a construção da imponente sede do Tribunal Regional do Trabalho, o TRT, construída há mais de uma década. E mais: a morte do ex-senador Olavo Pires seria finalmente esclarecida em todos os seus detalhes.

Este site poderia também prestar relevantes serviços ao povo rondoniense se divulgasse o nome do gênio, arquiteto e design das Três Caixas d'água, o símbolo maior da capital, que é adorado por quase todos os seus habitantes. Uma obra de arte de beleza inigualável em todo o mundo e cujo segredo é guardado a sete chaves. Seria muito interessante também se todos nós soubéssemos o que de fato aconteceu com o Beron, o extinto Banco do Estado de Rondônia, que virou "beiju de caco" na administração do PMDB de Valdir Raupp. Ficaríamos sabendo também como se envolver nas mais variadas máfias (sanguessugas, das ambulâncias) dentre muitas outras especializadas em surrupiar o dinheiro público e ainda ser eleito com grande aceitação popular.

Esses documentos secretos revelariam certamente por que o ex-governador Ivo Cassol, o do Império da Roça, resolveu presentear a futura administração do Estado com um CPA novinho em folha e por que não transformou os atuais 2% de saneamento básico de Porto Velho nos 80% prometidos. Veríamos fotos dos dirigentes da Ceron rindo dos consumidores de energia que aceitam passivamente um serviço africano com uma tarifa européia. E finalmente o segredo da administração petista de Porto Velho seria desvendado: como transformar a capital de trânsito mais violento do Brasil num canteiro de obras inacabadas seria a conversa mais badalada nos bares e botequins. Deve ter também algum documento escondido que explica a imundície desta cidade.

Páginas inteiras falariam do Hospital João Paulo Segundo, o açougue mais conhecido do Estado. Em algum papel deve explicar o porquê da estupidez oficial de todos os dirigentes e ex-dirigentes de Rondônia em não oferecer saúde pública de qualidade aos seus eleitores. Todos nos deleitaríamos ao ler os documentos secretos que criaram a inútil ponte no Madeira, as usinas hidrelétricas e o arraial Flor do Maracujá. As queimadas junto com a fumaça, que devem voltar no próximo verão, teriam, enfim, uma explicação mais aceitável por parte das autoridades deste e dos futuros governos. Porém todos devem ficar tranqüilos: a WikiLeaks e Julian Assange jamais publicarão qualquer linha sobre Rondônia. Eles simplesmente não sabem que isto aqui existe. Ainda bem que nossa pouca importância nos salvará de qualquer mal-estar diplomático.


*Leciona em Porto Velho

11 comentários:

Anônimo disse...

É fundamental levar em consideração alguns aspectos sobre Rondônia: a) é um Estado novíssimo e em formação; b) as "tranqueiras" da nossa política vieram em sua grande maioria de Estados ditos "modernos"; c)eleição de corruptos é geral em todo o país e isso significa que a educação dos grandes centros não difere muito da nossa.
Quanto as sempre criticadas "Três Marias" a importância estética não supera a histórica no contexto da epopéia de se erguer uma sociedade no meio da selva. Se assim o fosse, teríamos que desvalorizar o profissional Nazareno por ser extremamente feio, mesmo que seja assaz inteligente. Dos segredos de Estado, tradicionalmente só não foi criticada a música do boi, que por sinal eu adoro, só não gosta quem´não é chegado na coisa. Sou mais Rondônia mesmo não sendo daqui. Problemas existem em qualquer parte do mundo, independente do grau de civilização das sociedades.

PROFESSOR DIOGO TOBIAS FILHO

Jorge Santos disse...

UNS TEMPOS ATRÁS, O SENHOR NAZARENO DISSE QUE NÃO FARIA MAIS ARTIGOS POIS TINHA MEDO DE ALGUMA COISA E TAL... AGORA CRIOU CORAGEM DE ATACAR ATÉ O GOVERNO CASSOL QUE ELE TANTO AMAVA. AS CRÍTICAS ERAM SOMENTE AO BIGODINHO! NO ARTIGO PASSADO EU COMENTEI QUE ELE DEVIA IR AO RIO DE JANEIRO RESOLVER O PROBLEMA DO TRÁFICO DE DROGAS POR LÁ, COM SEUS ARTIGOS E SUAS CRÍTICAS. PORÉM, ELE PREFERE MORAR NA IMUNDÍCIE DE PORTO VELHO DO QUE NA CIDADE GRANDE!!!


Comentário retirado do site www.rondoniaovivo.com.br

Raimundo Soares de Lima Neto disse...

Não entendo a revolta de alguns leitores, ou quem sabe ignorância, pois, deveriamos nos orgulharmos de ter uma pessoa que tenhe coragem de provocar o sistema com as armas que possui, certo que algumas vezes a verdade nos fere,porém, seus textos nos faz refletir sobre os acontecimentos ilícitos existentes ou nos provocar uma revolta subjetiva de ter contribuido para tal situação.


Comentário retirado do site www.rondoniaovivo.com.br

Dr. Frederico Santos Damasceno disse...

Senhor Jorge Santos,venho aqui ser solidário e defender o ilustre Professor. Quem compactua com pouca vegonha, com os porcos comem seus "limentos"!! São como estas pessoas que o nosso Pais vai cada vez pro "buraco"!!!! Vamos lutar por um Brasil melhor, sem corrupção,sem malas recheadas de dinheiro, sem cuecas com "volumes falsos",sem esta dos 10%, dos 20%... Coloquem em suas cabeças seus corruptos de "plantão", dinheiro "sujo" dá uma falsa "alegria",uma falsa "felicidade" no final só vem "desgraças" e sofrimentos. Até em filmes que é pura ficção o dinheiro "sujo" nunca se dá bem!!!! Parabéns Professor Nazareno!!!! Obs: falando em Porto Velho, não vamos nos contentar com "qualquer" obra, vamos exigir "qualidade"!!!

Comentário retirado do site www.rondoniaovivo.com.br

Josemar Freire Botelho disse...

A verdade dos textos do professor Nazareno nos incomoda, sim. Mas nunca vi alguém com coragem o suficiente para provocar em nós, rondonienses, a reflexão sobre todos os fatos que acontecem e aconteceram no nosso Estado. Nunca, nenhum jornalista ou escritor daqui enveredou por este tortuoso caminho: a crítica contundente explícita com humor e irreverência. Repito: às vezes me chateio com alguns textos do referido professor, mas às vezes acho fenomenal o que ele escreve e como escreve. Uma pena que ele tenha sofrido ameaças, mas este é o retrato do nosso Brasil e da nossa Rondônia. A nossa mídia eletrônica, depois dele, mudou bastante a percepeção que muitos de nós tínhamos sobre o nosso Estado e a nossa cidade. Depois que estes textos começaram a aparecer as inquietações começaram a pipocar. Muitos advogados, escritores, profissionais liberais e até jornalistas daqui se incomodaram com estes escritos que representam a verdade dele, do professor, e de apenas alguns de nós, leitores. Parabéns ao site por publicar estas pérolas e nos fazer pensar o jeito de como organizamos a nossa sociedade. Tudo está bom e devemos agradecer às nossas autoridades e governantes ou tudo não passa de um engodo e o professor tem razão? Sou leitor assíduo destes textos embora, como rondoniense nato, fico chatado com alguma coisa que ele cita. Pensemos nisto antes de qualquer crítica.

Comentário retirado do site www.rondoniaovivo.com.br

Amanda Lopes Sá disse...

Enquanto nós formos passíveis a corrupção, vai ser dificil combatê-la. Tudo depende do tamanho da oferta.


Comentário retirado do site www.rondoniaovivo.com.br

Ivanilson Frazão Tolentin disse...

Mais uma vez, ele disse o que todos nós estamos cansados de saber e aceitamos passivamente. Esse texto é outra pérola. Valeu, Professor!


Comentário retirado do site www.rondoniaovivo.com.br

Heliene disse...

o Profº Nazareno ta de parabens pelos seu texto e fico feliz pela sua coragem, pois somente atravez dos meios de comunicações como este site e que a pessoas possam ter a clareza da realidade de porto velho , tenho certeza que as criatura que criticam o profº sao uns falso moralista que nao ajudam em nada para melhorar o seu Estado muito pelo contrario ficam nessa te apoiar a bandidagem , sou filha da terra, mas sinceramente nao fico chateada com os texto que o PROFº comenta, pois é a pura verdade e sou grata pela sua ousadia.



Comentário retirado do site www.rondoniaovivo.com.br

Forasteiro do Sul disse...

O pior cego é aquele que não quer ver....


Comentário retirado do site www.rondoniaovivo.com.br

Ricardis Araújo Vieira disse...

Quando comecei a ler sobre a WikiLeaks estava até gostando, porém conforme passavam as linhas fui me sentindo ofendido com as palavras que lia. Para mim, o professor, embora atinja os péssimos administradores que temos, também atinge a nós como moradores. Minha dúvida é que se ele conhece um lugar melhor para morar, porque não se muda pra lá. Obs. Sou contra a mal administração, mas também fico revoltado com quem fala mal da cidade de onde tira o sustento.


Comentário retirado do site www.rondoniaovivo.com.br

Jorge Santos disse...

JA FALEI INÚMERAS VEZES SOBRE O QUE PENSO E VEJO A RESPEITO DOS ARTIGOS DESSE PROFESSOR. QUALQUER UMA PESSOA INTELIGENTE VÊ E CONCORDA COM O QUE ELE FALA QUANDO SE REFERE A CIDADE IMUNDA, MAL ADMINISTRADA,OS VERGONHOSOS POLÍTICOS QUE TEMOS. AGORA, O QUE NUNCA VOU CONCORDAR E O QUE AS PESSOAS NÃO ENXERGAM É O TOM DE MENOSPREZO COM A CULTURA E O POVO TRABALHADOR DE RONDÔNIA. EM TODOS OS SEUS ARTIGOS ELE DESRESPEITA E MENOSPREZA NOSSA POPULAÇÃO E CULTURA.POR QUE SÓ AGORA ELE VEIO ATACAR O GOVERNO CASSOL QUE TANTO MASSACROU A CLASSE QUE ELE FAZ PARTE, OS PROFESSORES? NUNCA LI UM ARTIGO SEQUER DELE FALANDO DO CAOS QUE SE ENCONTRA NOSSA EDUCAÇÃO, PORQUE SOFRERIA ALGUMA RETALIAÇÃO DO JOÃO BENTO DA COSTA QUE TANTO ELE SE ORGULHA DE DAR AULA NAQUELE AMONTOADO DE CONRETO CAINDO AOS PEDAÇOS. POR QUE IRIAM TIRAR A PROMOÇÃO QUE ELE TEM DE DAR POUCAS AULA ENQUANTO OS DEMAIS PROFESSORES TEM 30AULAS POR SEMANA, OU ELE CONCORDA COM AS CONDIÇÕES DE TRABALHO QUE EXISTE NA ESCOLA "MODELO DO ESTADO". O QUE NUNCA ENTENDI É O PORQUÊ DA POPULAÇÃO SER TÃO HUMILHADA POR ESSE CIDADÃO E AINDA BATER PALMAS PRA ELE.



Comentário extraído do site www.rondoniaovivo.com.br