sábado, 29 de janeiro de 2011

Outra lorota para enganar os abestados...



Ex-Governadores: Aposentadoria Justa


Professor Nazareno*


De tempos em tempos uma pequena parte da sociedade brasileira que se diz mais esclarecida é tomada por arroubos estéreis, mentirosos, populistas e hipócritas. No ano passado foi levantada a possibilidade de só concorrer nas eleições cidadãos que tivessem a ficha limpa. O Brasil inteiro "viajou" nesta idéia enganosa como se tivéssemos descoberto o fogo ou reinventado a roda. Qualquer eleitor deste país, esclarecido ou não, sabe perfeitamente que vários candidatos ficha-suja, de Rondônia e do Brasil inteiro, saíram das urnas como verdadeiros heróis ao receberem a aprovação maciça dos seus eleitores. Do Amapá ao Rio Grande do Sul, da Paraíba ao Acre são muitos os eleitos que foram diplomados ou participam de governos, mas respondem na Justiça a uma penca de processos. O próprio STF prestou um desserviço à nação ao não resolver a parada em favor da moralidade e da boa maneira de se fazer política no país.

Desta vez vem à tona outro mantra bestial: é preciso cortar a aposentadoria de ex-governadores dos Estados. Várias entidades e até parlamentares já se posicionaram favoráveis à medida sem questionar por que durante tanto tempo o Estado brasileiro manteve essa dita excrescência ao arrepio da lei. A hipocrisia se torna mais latente ainda porque vários destes políticos sequer abordaram o fato de que, na calada da noite, aprovaram um aumento em seus vencimentos de 62 por cento em pleno mês de dezembro do ano passado. Ou seja, nossas autoridades adoram fazer cortesia com o chapéu alheio. Um Deputado Estadual em Rondônia, por exemplo, ganha somente quarenta vezes mais do que um trabalhador comum. E não adianta querer comparar e saber quem trabalha mais. Quanto ganha um Senador da República? Por que ninguém questiona os salários do Judiciário? Essa história de marajás já é antiga e deu em nada.

Em Rondônia são quinze os privilegiados. Mas seria uma injustiça acabar com tal regalia levando-se em consideração o grande serviço prestado pelos nossos ex-mandatários. Desde o antigo Território Federal até o "Império da Roça" de Ivo Cassol, cada um deu a sua enorme contribuição para Rondônia ser a potência que é. Com nome de estádio de futebol, o Teixeirão, mesmo sem ter recebido um único voto dos rondonienses, é adorado por estas terras como um verdadeiro czar amazônico. Embora tenha sido um preposto da ditadura militar em terras Karipunas, é visto como uma espécie de encarnação divina. Se sua viúva recebe pensão, jamais deve ser cortada, pois Rondônia deve muito a ele. Afinal o coronel criou a primeira mulher governadora no Brasil: a paraibana Janelene Melo, que governou por exatos 43 dias e deveria ser também agraciada com sua "mais do que justa" aposentadoria mensal até o fim da vida.

Ângelo Angelin, com nome de dupla caipira este governador-tampão, que também não recebeu um único voto do eleitor rondoniense para governar o Estado, ainda está na ativa e quase aos 80 anos de idade presta seus relevantes serviços ao Governo da Nova Rondônia no Cone Sul do Estado. Um estadista que merece cada centavo que recebe dos cofres públicos estaduais. Jerônimo Santana, o Bengala, foi o homem que dinamizou a administração pública, modernizou Rondônia e saiu do Governo "porque quis" já que sua popularidade era muito alta. Moralizou como ninguém este Estado. Uma injustiça cortar-lhe o diminuto salário que recebe como aposentadoria. Oswaldo Piana, o único governador filho da terra, que por amor, sempre teve residência fixa em Porto Velho, não pode ser abandonado pelo seu próprio Estado. De extrema importância para Rondônia, governou-nos direto da "Casinha da Barbie".

Valdir Raupp, mesmo com o seu inconfundível sotaque caipira, foi um governador que só não vai deixar saudades porque ainda está na ativa e pode, a qualquer momento, se quiser, voltar a governar o Estado. Um insulto cortar a pequena aposentadoria desse eminente líder que, além de outras coisas, nos ensinou como se administra um banco estadual. Senador mais votado nas últimas eleições, disse com toda a humildade que "abriria mão" desta aposentadoria. Bianco, o "deus do funcionalismo público" preparou as bases para o neoliberalismo em Rondônia e por isso não merece castigo. Já Cassol, o que cacetava professores em greve e não precisava de estudos para nos governar e João Cahulla, que não foi à festa de transmissão de cargo e dinamizou o açougue João Paulo Segundo, colocaram este Estado na rota do progresso e por isso fazem jus a qualquer mimo pago com o nosso suado dinheiro. Se eu fosse o Deputado Estadual Daniel Pereira, pertencesse à OAB ou fosse um "sindicalistazinho" de fundo de quintal proporia aumentar ainda mais o valor destas aposentadorias como forma de homenagear as nossas ilustres autoridades do passado. Rondônia deveria dobrar os mais de 300 mil reais mensais que paga aos ex-governadores. Eles merecem.


*É Professor em Porto Velho.

93 comentários:

Carlos Alberto disse...

VINDO DE UM PROFESSOR,SEM COMENTARIOS.

Comentário retirado do site www.tudorondonia.com.br

João Severo disse...

SOU O JOÃO SEVERO. Caro "Professor", todas as pessoas que trabalham prestam um grande serviço à Comunidade/Sociedade. No caso dos Ex-Governadores, eles foram governadores Voluntariamente e além disso, receberam os seus Salários e benefícios durante o Mandato. Caro professor: vai caçar o que fazer, porque você não tem o que fazer PAGA O SALÁRIO DELES COM DINHEIRO DO SEU BOLSO. LEVE ELES PARA MORAREM NA SUA CASA (SE É QUE TEM CASA) ENTENDEU???? TIRE O DINHEIRO DO SEU SALÁRIO E PAGUE ELES TÁ?? SEU "PAU" MANDADO.

Comentário retirado do site www.tudorondonia.com.br

José Saudade disse...

kkkkkk. E não é que o João Silvério acreditou.kkkk Ve se aprende ler cara, será se vc num ta vendo que isso é uma ironia. kkkkk Somente um ignorante não ve isso...

Comentário retirado do site www.tudorondonia.com.br

Márcio disse...

manda este idiota deste professor caçar alguma coisa para fazer imbecil, deveria voce pagar a aposentadoria deles, não basta o que nos roubam em seus governos e ainda querem deveriam é devolver aos cofres publicos o que roubam

Comentário retirado do site www.tudorondonia.com.br

Maria das Dores da Costa disse...

ESSA MATERIA E COMPRADA OU VOCE TA LOUCO,NOS ESTAMOS BRIGANDO A MAIS DE OITO ANOS PELO UM DIREITO NOSSO,(TRASPOSISAO para o quadro federal) QUE E SEU TB,CRIA VERGONHA NA CARA E PUBLICA MATERIAS BOA DE SER LINDA.

Comentário retirado do site www.tudorondonia.com.br

C. Godoy disse...

Caro Professor, parabéns pela sua colocação, pena que alguns leitores pode não entender a mensagem sarcástica e metafórica enunciada. Como o comentário do Leitor João Severo, que não entendeu nado do que leu, mas não culpemos ele, entender o que se diz nas entrelinhas não é pra todos. A verdade é que nosso dinheiro vai pro "ralo" por aí e por muito outros buracos.

Comentário retirado do site www.tudorondonia.com.br

Prof. Adão Marcos G. dos Santos disse...

A aposentadoria por idade é um benefício muito simples, pois seus requisitos são idade mínima e carência. Carência é o número mínimo de contribuições que o segurado deverá ter para adquirir o direito. Existe uma diferenciação entre os trabalhadores urbanos e os rurais quanto a idade mínima. Os trabalhadores rurais, que trabalharam exclusivamente no campo, têm uma redução de cinco anos na idade. O número de contribuições à Previdência não se alteram. Os rurais não fazem contribuições diretas, mas devem comprovar que exerceram atividade exclusiva no campo na condição de segurado especial. Quem ingressou na Previdência a partir do dia 25 de julho de 1991 terá que contribuir 15 anos para adquirir o direito ao benefício. Quem ingressou antes dessa data tem que seguir uma tabela progressiva, de acordo com o ano que completar a idade terá uma quantidade mínima de contribuições. Uma mudança recente alterou o direito ao benefício. Antes da Lei 10.666 de maio de 2003 era necessário ter carência e qualidade e após essa lei é preciso ter somente carência. As pessoas que tinham a carência e idade antes de 2003 não obtinham o benefício se haviam perdido a qualidade. Saiba o que é qualidade e carência lendo este artigo. Hoje quem tiver a carência e a idade mínima tem direito ao benefício e poderá voltar a solicitar, mesmo que já tenha sido negado anteriormente. É possível também aproveita o tempo urbano e rural, mas nesse caso não haverá redução na idade, ou seja, terá que ter a idade igual ao trabalhador rural. Por exemplo, uma pessoa que trabalhou por 10 anos como agricultor e após esse tempo veio trabalhar na cidade, quando somar a carência mínima poderá solicitar a aposentadoria por idade, mas a idade exigida será de 65 anos para homens e 60 anos para mulher. Em resumo o benefício de aposentadoria por idade poderá ser solicitado quando: - Homem, trabalhador urbano, completar 65 anos de idade e ter 15 anos de contribuição, ou de acordo com a tabela progressiva. - Mulher, trabalhadora urbana, completar 60 anos de idade e ter 15 anos de contribuição, ou de acordo com a tabela progressiva. Para o trabalhador rural, que tenha trabalhado exclusivamente na lavoura até a data em que for solicitar o benefício, tem um redução de 5 anos, ou seja, homem com 60 anos e mulher com 55. O cálculo da mensalidade é feito na base de 70% da média dos salários de contribuição, acrescido de 1% para cada ano trabalhado. Se tiver o mínimo de 15 anos sua média será de 85% e assim a cada ano trabalhado soma-se 1% até atingir 100% para quem tem 30 anos de contribuição. http://www.aposentadorias.net/2009/08/aposentadoria-por-idade-saiba-as-regras.html

Comentário retirado do site www.tudorondonia.com.br

Marcélia e Macedo disse...

CARO PROFESSOR NAZARENO,NÃO SOU DA EDUCAÇAO,SOU DE OUTRO ORGÃO PUBLICO,MAS MESMO ASSIM DEPOIS DE SUA FORMA DE PENSAMENTO VEJO O PORQUE NOSSO PAIS VIVE NESSA MISERIA.INFELISMENTE SE NOSSA BASE DE FORMAÇÃO E INFORMAÇÃO QUE E O PROFESSOR PENSA DESSA FORMA REALMENTE ESTAMOS NA ROÇA....AINDA BEM QUE ALGUNS SE SALVÃO.O SENHOR NÃO PASSA DE UMA VERGONHA PRA CASSE,OU MELHOR NÃO SO DA EDUCACAÇÃO, MAS DE TODO FUNCIONARIO PUBLICO QUE VIVE FAZENDO MILAGRE PRA SUSTENTAR SUA FAMILIA.OBS.ATENÇÃO A TODOS, QUANDO FOREM LER ESSA VERGONHA QUE ESSE PROFESSOR TEVE A CARA DE PAU DE RELATAR, NÃO SE ESQUEÇA DE COLOCAR UM NARIZ DE PALHAÇO.... ATE A PROXIMA VERGONHA ....

Roberto Martins disse...

Se não tivesse percebido a ironia expressa em seu texto caro educador, se ia levar pooooorrada!!! um abraço!!

Comentário retirado do site www.tudorondonia.com.br

Sandra Silva disse...

Há pessoas que envergonham a classe e essa de professores têm cada figura que vou te contar, fala sério? Esse, por exemplo, é um... Onde já se viu dizer que é justa, uma situação que não é constitucional? Uma pessoa comum fica a vida inteira batalhando para ter uma aposentadoria (de +/- de 1 minímo) e esses senhores que receberam de acordo com seu préstimo (às vezes até além), com regalias e tudo mais sendo favorecidos com esse "mimo" a que tal professor se refere... Afinal vivemos numa democracia e algumas vezes somos obrigados a ouvir asneiras.


Comentário retirado do site www.tudorondonia.com.br

Zé de Ariquemes disse...

professor, o senhor não domina a técnica da ironia, por isso fez esta cagada ai. Vá estudar um pouco antes de querer escrever em site, pois suas ideias de gerico passam longe de ser irônicas, tão mais pra defesa da safadeza mesmo, só que de forma envergonhada. Ah, o senhor não é aquele professor que foi lá na seduc na época da marli cahula pra trair a greve da educação ? se for, tá explicado suas ideias de babaca.

Comentário retirado do site www.tudorondonia.com.br

João Firmino disse...

Professor elogiar Angelo Angelin,tecer comentarios ilários a uma pessoa que não fez nada memoriavel que cravou na mente dos ROndonienses e com os seus 76 anos, esta bagunçando o cone sul como secretario regional, faz jus o sofrimento dos professores tão desprestigiados em seus vencimentos, fala serio leva eles para sua casa....

Comentário retirado do site www.tudorondonia.com.br

Zé de Ariquemes disse...

Acrescento o seguinte: quem não sabe ler ou interpretar um texto é que pode chamar essa babaquice ai de ironia. Só um analfa de pai, mãe e parteira pode ver alguma ironia nessas idiotices do professor nazareno. "Professor", volte pra sala de aula - mas pra estudar - pois já tô com pena de seus alunos.Espero que o senhor não seja professor de português.

Comentário retirado do site www.tudorondonia.com.br

Francisco Peron de Miranda disse...

Injustiça é enquanto o trabalhador trabalha 35 anos para se aposentar com um salário na media de 1500 reais um governador trabalha 8 anos e recebi 25000 mil reais.

Comentário retirado do site www.tudorondonia.com.br

Marluce Almeida disse...

PROFESSOR NAZARENO, O SENHOR É O MÁXIMO, CONTINUE ESCREVENDO, SUAS CRÍTICAS, SÃO NOTA 10, PENA QUE TEM GENTE QUE NÃO É INTELIGENTE O SUFICIENTE PARA ENTENDE-LAS.

Comentário retirado do site www.tudorondonia.com.br

Moacir Silva disse...

Aposentadoria: Justa, justa com aspas ou sem aspas? Qual a diferença? Uma coisa sei, a idiossincrasia está em cada um de nós, modo de ver, interpretar, julgar etc. Conclusão, será que estes ex-governadores merecem serem tratados com eufemismo?

Comentário retirado do site www.tudorondonia.com.br

Edmar disse...

francisco vc foi otimista demais irmão 1.500,00 reais esse total poucos ganham, são muitos a maioria recebe um salário minimo, tem que tirar essa aposentadoria desses ex-governadores o povo se mata de trabalhar para custear suas mordomias quando estão no governo depois ainda tem que sustenta-los a vida toda, não tem que ser tirada mesmo vamos moralizar o brasil.

Comentário retirado do site www.tudorondonia.com.br

Henrique disse...

O autor foi infeliz, porque tentou sem sucesso ser irônico e também por pretender contrapor a opinião de todas as pessoas de bem deste grande estado. Quanto ao comentario particular do Sr. Angelo Angelin de vilhena concordo com o colega internauta, e, acrescento que o se o Governador COnfucio não rever essa bobeira que ele fez o cone sul que o apoiou nesta eleição vai virar as costa pra ele. Alias eu pergunto porque o governo insiste em manter um camarada como o Angelo Angelin, o sujeito é uma zero (,00000000000) "A ESQUERDA" na política de Vilhena. pelo que sei nem o partido que diz que pertence não o reconhece como filiado.... ACORDA DR. CONFUCIO.

Comentário retirado do site www.tudorondonia.com.br

Marcos Brito disse...

A lei tem que ser para todos igualmente.Ora, quem faz a lei de transito e proibi levar criança de moto abaixo de sete anos na garupa, anda de avião e jato particular,Quem dita o salário mínimo ganha muitos salários mínimos,Os que dizem que nível superior tem que ir para cadeia comum,não irão,ficar menos de um ano no governo e ganhar muitos salários é brincadeira!!!!!!!!!!!Temos que mudar tudo e se DEUS existe envie de novo seu filho, pois estão fazendo tudo errado?Temos que parar de legislar em causa própria,estão lá por NOSSO voto!!!!!!!

Comentário retirado do site www.tudorondonia.com.br

Francisco Silva disse...

Professor Nazareno,domingo é o melhor dia para eu ler seus artigos, o de hoje está, à moda Chico Buarque, navalha afiada! Veja, meu caro, a ágora está enlouquecida!!! Parabéns!! AH, não esqueça que o primeiro lugar em MEDICINA na Federal de RO e AC é egresso do JB, parece que o senhor tem alguma coisa a ver com isso. Bem, ironias e convesa mole de lado, prefiro encaminhar um antídoto, na seguinte medida: Não vou por aí, de José Regis “Ide! Tendes estradas, Tendes jardins, tendes canteiros, Tendes pátrias, tendes tetos, E tende regras, e tratados, e filósofos, e sábios. Eu tenho a minha loucura! Levanto-a como um facho a arder na noite escura... Deus e o diabo é que me guiam, mais ninguém. Todos tiveram pai, todos tiveram mãe; Mas eu, que nunca principío nem acabo, Nasci do amor que há entre deus e o diabo. Ah, que ninguém me dê piedosas intenções! Ninguém me peça definições! Ninguém me diga: “Vem por aqui”! A minha vida é um vendaval que se soltou. É uma onda que se levantou, É um átomo a mais que se animou... Não sei por aonde vou, Não sei para onde vou, SEI QUE NÃO VOU POR AÍ !” SE NÃO QUISER RECEBER, PODE DEVOLVER!! CONTINUE ESCREVENDO PORQUE VOU CONTINUAR LENDO!!! Francisco

Comentário retirado do site www.tudorondonia.com.br

Dannylo Ruithe disse...

Nazareno! calada. Eita!! que bordão bem pré suposto para tua cronica,concordo em todo teu pensamento, a classe de profissional da politica esquesseram de uma velha lição, que na democracia si faz profissionais e devotos aos devotados,não vemos adimiradores nem bajuladores mas aos que si profissionalizaram na profissão polita eleita democraticamente e demagogicamente fazem dos devotos da democracia seus alogozes,cabera um dia a cada cidadão eleitor, saber quem faz da adminstraçao pulblica eletiva uma profissão e expurgalos da vida social democratica Brasileira. aqui em Espigão Do Oeste si faz igualmente como no país inteiro devotos da adminstração e profissionais, muitos caidos de para quedas e apontados por velhos profissinais de guera muitos iniciados em escolas do legislativo municipal, dai seguem suas famimgeradas carreiras em busca do velho compessativo descansso aposentatorio e si alcanssarem o magistral cargo de gov. ai pronto é a gloria!

Comentário retirado do site www.tudorondonia.com.br

Carlos disse...

Caro professor mota 10 pela materia, os comentarios contrarios a sua materia sao de leitores que nao entenderam a materia, com serteza sao eleitores que votam nos fixa suja, os adoradores de cassol e companhia os que acham que tudo serto oque os politicos fazem em beneficio proprio . leitores nao basta ler , TEM QUE ENTENDER............


Comentário retirado do site www.tudorondonia.com.br

Aristóteles Alves disse...

Nazareno, nobre conterrâneo, parabéns pelo texto em si e pelas críticas contidas, acho uma aberração esse privilégio que os governantes recebem, só em nosso país existe isso. Só uma sociedade de um povo politizado, educado e sobretudo que ame a pátria e lute por um Brasil melhor poderia mudar isso, infelizmente, temos, em nosso país, o poder supremo que é conivente com essa situação, MP, TSE,STF, etc. Os quais, em sua grande maioria são corruptos também e recebem propinas para que o país do faz de conta permaneça;tenho - ainda - esperança de que um dia isso mude, como diz o poeta: sonhar não custa nada. abraço, felicidades.

Comentário retirado do site www.tudorondonia.com.br

Paulo Silva disse...

É professor realmente o senhor não domina a técnica da ironia, ta dificil, desiste da vida de escrever e volte a dar aulas se tiver condições.

Comentário retirado do site www.tudorondonia.com.br

Jussara Menegaz disse...

Parabéns professor Nazareno. Qualquer pessoa com inteligência mediana compreende a ironia deste texto. Aqueles que não conseguiram compreender, sugiro o estudo deste artigo: 1. DUARTE, O. C. . Ironia: metáfora da dissimucamaleão. Miscelânea Revista de Pós Graduação Em Letras Unesp, Assis - São Paulo - Brasil, v. 01, n. 01, p. 87-106, 1993.


Comentário retirado do site www.tudorondonia.com.br

Edgard disse...

Professor..ja varias vezes fiz criticas veêmentes em seus escritos...porém, esse de hoje, meus parabéns..fina ironia..para mente acostumadas com leituras e "entrelinhas"..se superou..para melhor!!!

Comentário retirado do site www.tudorondonia.com.br

João José Madeira disse...

A presença de professores como este que assina esta bestial nota, é a razão do ensino estar uma m....

Comentário retirado do site www.tudorondonia.com.br

Luiz Albuquerque disse...

Para que o texto tenha interpretação destinado à igualdade, poderia ter incluído o povo que trabalha para manter essas pessoas no poder ganhando 40 vezes o salário do povão. A nossa constituição é clara quando refere à aposentadoria. Esses ex-governantes e os próximos precisam ter maior fiscalização da população, por que muitos deles legislaram em causa própria, se forem citar os do Cassol um dia seria pouco, de aumento de salário pra ele mesmo em 25% enquanto os outros servidores ganharam 4,5% parcelado ainda, até criar lei com a ajuda dos deputados cachorrinhos de madames, Euclides, Neodi, Valter Araujo & Cia, para favorecer seu cunhado lotado no DETRAN como assistente jurídico com prerrogativas, salários de procurador. Essas pessoas não contribuíram em nada para o progresso de Rondônia, na campanha pregaram moralidade, educação, saúde, agora estão em retiro para eleger o presidente da ALE, para continuarem sangrando os cofres do estado de Rondônia, enquanto a população uma boa parte não tem sequer a alimentação básica, dignidade, respeito. Se quiser aposentadoria trabalham como a população brasileira, sol a sol. Não adianta a população votarem com consciência,se a legislação continua a mesma. Antes quem mandava no Brasil eram os militares, com a criação da constituição de 1988 são os partidos políticos que detém o poder de decisão de ir e vir da nossa nação, se as pessoas não se organizar para tirar desses partidos o poder, vamos continuar vendo isso e nada será feito. ***Luiz Albuquerque de ji-Paraná

Comentário retirado do site www.tudorondonia.com.br

Saraman Júnior disse...

MEU DEUS DO CÉU!! Acordem !!! O texto do professor é uma ironia, demonstrando total contrariedade diante das aposentadorias. Em tem gente que entendeu O CONTRÁRIO ??? !!!! É que ao inverso do analfabeto, que é a pessoa que não sabe ler, o analfabeto funcional consegue reconhecer as letras. O problema é que o analfabeto funcional, um conceito difundido pela Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (Unesco), não consegue entender o que lê e nem elaborar um enunciado, por mais curto que seja, sobre um assunto genérico. RETRATO DO BRASIL ATUAL.

Comentário retirado do site www.tudorondonia.com.br

Júnior disse...

Estou rindo tanto aqui à frente do monitor que não resisti em postar um comentário. Caro professor, é por isso que o senhor que continuar na luta pela melhoria da educação em nosso país. Veja só, seus leitores (alunos) não entendem o q leêm. Cristo, Maria, José e todos os santos, Rondônia deveria se chamar "Tiriricolândia". isso mesmo, terra de analfabetos funcionais que leêm mas não entendem o q leêm! Parabéns pelo artigo!



Comentário retirado do site www.tudorondonia.com.br

Paulo Ribeiro Bertiol disse...

ironias a parte prof. o que não é justo é o povo sofrido pagar tanto por tão pouco. todos receberam altas remunerações, tiveram moradia e despesas pagas pelo Estado, fizeram só a obrigação. Aposentadoria deveria sei igual apara todos, prestou serviço, INSS neles, receberem pelo que contribuiram.


Comentário retirado do site www.tudorondonia.com.br

Éber Ferreira disse...

Infelizmente vários internautas não estão conseguindo entender o texto que o Professor Nazareno escreveu. O jeito sarcástico em que coloca, de forma alguma defende a aposentadoria dos ex-governadores.Vamos interpretar direito pessoal. mais do que interpretar direito ,devemos mover ação para que acabemcom essa palhaçada..(Aposentadoria para ex-governadores.)


Comentário retirado do site www.tudorondonia.com.br

José Aparecido disse...

EU ESTOU TRISTE COM EM SABER QUE O NIVEL INTELECTUAL DE ALGUNS LEITORES DESSE SAIT É MUITO BAIXO, NAO CONCEGUIR INTENDER O TEXTO E AINDA FAZER COMENTARIOS É FOGO. MAO TEM NEM A CAPACIDADE DE RELER COM ATENÇAO(DEIXA DE SER BURROS) É UMA IRONIA SEUS ZÉ RUÉLAS. KKKKKKKKKKKKKK. ASS. MOREIRA (SGTPM)

Mario disse...

Gostei professor,tem que parar com essa hipocrisia mesmo!

Caduco disse...

expressou tudo o que estamos sentindo, parabéns

Prof. Juscelino Gomes Miranda disse...

QUANTOS ABSURDOS NOS COMENTÁRIOS CONTRA AO TEXTO EM QUESTÃO! FICO A IMAGINAR QUE MUITOS DESTES AINDA SE DIZEM FORMADORES DE OPINIÃO E DEVEM SE ACHAR MUITO ESCLARECIDOS... AO LER OS COMENTÁRIOS POSTADOS, FIQUEI ESTARRECIDO COM O NÍVEL DAS REFLEXÕES... TALVEZ SEJA POR CAUSA DISSO QUE NOSSOS POLÍTICOS FAZEM O QUE FAZEM. MUITOS DOS INTERNAUTAS TIVERAM DIFICULDADE DE ENTENDER A IRONIA SOCRÁTICA DA MENSAGEM. PARABÉNS PROFESSOR PELA REFLEXÃO.

Comentário retirado do site www.tudorondonia.com.br

Alex Souza disse...

como pode o Site TudoRondonia publicar "isto"?


Comentário retirado do site www.tudorondonia.com.br

Antônio Silvino disse...

SOU O ANTÔNIO SILVINO, O PRIMO DO JOÃO SEVERO. jÁ QUE TOCARAM NO NOME DO MEU ILUSTRE PRIMO, VENHO AQUI MUI RESPEITOSAMENTE DEFENDÊ-LO TÁ??? A TODOS OS COMENTARISTAS QUE FALARAM MAL DE MEU PRIMO, EU QUERO QUE VOCÊS TENHAM UMA SEMANA DE DIARRÉIA/DESENTERIA MÓRBIDA.


Comentário retirado do site www.tudorondonia.com.br

Dario disse...

Valeu professor foi fundo parabéns, e aos comentários dos analfas vamos respeitar!!!

Comentário retirado do site www.tudorondonia.com.br

Serginho disse...

SÓ DIGO UMA COISA: O BRASIL NAO TEM MAIS JEITO!!! É DAÍ PRA PIOR!!

Comentário retirado do site www.tudorondonia.com.br

Ronne Charles disse...

Primeiro Aos comentaristas que não entendem o que é o sarcasmo aqui vai uma dica: procurem ter aulas com o Professor Nazareno para entender o que é essa virtude e para que serve. Segundo vergonha quem está passando agora são quem escrevem comentários infelizes, agressivos e que buscam censurar o autor por simplesmente Achar que ele está defendendo todos os nossos "herois" governantes. Pode discordar mas nunca censure. Terceiro Acho que para alguns comentaristas que têm mente preguiçosa é preciso que o Professor Nazareno também tenha o dom artístico e desenhe para poder explicar o que ele sente e quer dizer.

Comentário retirado do site www.tudorondonia.com.br

João Severo disse...

SOU O JOÃO SEVERO (LINDO). UM POUCO DE FIGURA DE LINGUAGEM AOS COMENTARISTAS. Sei que existem muitos Professores que3 durante as aulas ficam lendo textos, visto que não sabem a matéria. São professores ANALFABETOS E OU/SEMI-ANALFABETOS. O meio Ambiente(Cidade) dos Sonhos A cidade que sonho gera empregos, oportunidades de trabalho, gera renda, gera frutos do labor do seu povo. A cidade que sonho gera empregos, oportunidades de trabalho, gera renda, gera frutos do labor do seu povo. A cidade onde imagino minha existência plena oferece chances aos jovens recém chegados ao mercado de trabalho, aos universitários saídos dos bancos acadêmicos, com a mente repleta de idéias, e muita vontade de vencer na vida. Nela os estudantes formados não precisam mudar para outro lugar, porque sabem que na terra de origem deles há esperança, oportunidades, respeito e políticas públicas eficientes de incentivo. A cidade que desejo acordar todas as manhãs é tranqüila, apaziguada, segura e sensata. As pessoas que ali vivem se identificam com ela. Desejam e trabalham para o seu melhor. Não querem simplesmente usurpar suas riquezas, explorar suas belezas ou sugar toda a sua energia vital para depois irem embora e investirem em outros lugares. Nesse meu sonho não existem corruptos, muito menos achacadores, políticos zombadores, arrogantes e prepotentes. Ninguém é deslumbrado, nem ostenta superioridade aos quatro ventos quando senta por instantes ao lado e sob o poder político e econômico. Não existe fascismo, sociopatas e muito menos radicais ultrapassados pelo tempo e pelas idéias retrógradas e conservadoras. É um lugar bonito, limpo e muito bem urbanizado. Uma cidade pensada com planejamento criterioso preocupado com a qualidade de vida das pessoas e com os turistas que a visitam. Na minha cidade o turismo e os turistas são levados a sério, respeitados Nada de amadorismo e charlatanismo. O profissionalismo funciona e rege todo o segmento. Não existe ninguém levando vantagem em cima de ninguém. Todos pensam de forma conjunta e uniforme. Poderes público e privado parecem uma mesma máquina que impulsiona o setor, sem interesses escusos atrás de máscaras de piedade e de salvação. A fome não tem vez na cidade dos meus sonhos. Não há miséria, falta de moradia, muito menos bolsões de pobreza ou favelas em estado crítico. O crime persiste, mas em índices baixíssimos. A polícia é bem equipada e treinada. Os policiais têm tino para lidar com o povo. Não agridem ninguém. Nada de pancadaria física ou moral. Os bandidos não são audaciosos. Não desafiam a polícia, as autoridades, nem a inteligência das pessoas. Preferem trabalhar, pois emprego não falta em todas as áreas. Na minha cidade, o poder municipal é entrosado com a linha política do seu estado e do governo federal. Aproveita todas as parcerias, valoriza e aplica todos os recursos provenientes desses acordos benéficos à sociedade. O prefeito de minha cidade é integro, gentil e cortês. Trata todos igualmente. Escuta a todos. Respeita o contraditório, a oposição e os adversários. Não compra ninguém, não suborna e não assedia moralmente quem o contraria. Ele tem sensibilidade para as causas do povo. Não usa instrumentos institucionais para angariar votos ou persuadir o pensamento coletivo. É um gentleman de bom senso. Não é sonhador. Tem os pés no chão e dá prioridade ao interesse do povo. Não é a favor do nepotismo, de cargos políticos em funções técnicas e de acordos à escura. Enfim, um homem de visão, simples e honesto. Nada ditador. No meu sonho de cidade a imprensa é livre, independente, plural e tem classe, nos dois sentidos. Não se rebaixa a qualquer caraminguá. Não sofre pressões de políticos ou de cães de guarda de determinadas autoridades. Ela é engajada com os anseios da sociedade e não explora a morte alheia, desejando que a violência estoure para vender a manchete do dia seguinte. Os profissionais da imprensa são gabaritados, polidos e bem treinados.

João Severo disse...

CONTINUA...
Recebem salários justos e têm respeitados os seus direitos perante a Constituição. Não precisam fazer o que o coração e a consciência não mandam. Não precisam atender ordens imorais de seus patrões. Não ficam à mercê de um só veículo, pois o mercado evolui com investimentos dos empresários. Nenhum meio de comunicação vende-se, prostitui-se em troca de dinheiro, influência política e posição social. Não se corrompem porque os empresários têm pensamento livre e à frente do tempo. Conseguem entender a importância de uma imprensa transparente para o desenvolvimento e a educação da sociedade. Por isso, apóiam projetos, incentivam novas idéias e participam junto com a imprensa das principais discussões da cidade. Tudo porque sabem que a cidade não serve apenas os empresários, mas é o berço dos filhos, dos netos e das futuras gerações. A minha cidade dos sonhos é bonita por natureza e abençoada por Deus. Sonho quase todas as noites com ela, mas acordo ainda com os olhos ofuscados pela ignorância, negligência, mesquinhez e arrogância que paira no ar. Sonho e acredito em dias melhores. KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

Antônio Silvino disse...

Tomei conhecimento que este Professor tem uns duzentos Atestados na Área de Psiquiatria. Desculpe: A Ética

João silvério dos Reis disse...

Outra aberração prevista na Constituição do Estado de Rondônia é essa: Art. 24[...] § 6º. Os Oficiais PM e BM, investidos nos cargos de Comandante Geral, Chefe da Casa Militar e demais cargos de Gerenciamento Superior, privativos do último posto, somente poderão transferir-se para a reserva com o subsídio e/ou vantagens dos referidos cargos, quando os tiverem exercido, efetivamente, por três anos, consecutivos ou intercalados, e contarem, no mínimo, com trinta anos de serviço, assegurando-se os direitos daqueles que já os exerceram, e que se encontram na inatividade percebendo subsídio e/ou vantagem, independentemente dos requisitos mencionados., ou seja, os COMANDATES DA POLÍCIA MILITAR E DO BOMBEIRO, LEVAM, NADA MAIS NADA MENOS QUE R$ 8.000,00 SOMANDOS AO SALÁRIO, OU SEJA, UM VERDADEIRO TRENZINHO DA ALEGRIA DAQUI A TRÊS ANOS..., ENQUANTO OS DEMAIS SERVIDORES FICAM A VER NAVIOS...

Roberval Leal Braga disse...

Eu tenho pena de algumas pessoas que com tostos recursos que tem em casa, não sabem nada e ainda criticam os outros, calado, idiota fica melhor, parabéns professor pelos seus "elogios", e aos que não entendem, o professor está fazendo uma crítica dos ex-governadores que se eu fosse um deles, jamais olhava em minha janela, o povo tem que ir para a escola, é por ter pessoas assim, sem entendimento que esses políticos ganham eleições, e não querem que um professor ganhe bem para abrir a mente do povo.


Comentário retirado do site www.tudorondonia.com.br

Rondoniense do Cone Sul disse...

Que artigo maravilhoso! Fiquei impressionado com a lista dos serviços prestados pelos ex-governadores. Analisando detalhadamente o legado destes mandatários, percebe-se porque o povo rondoniense tem serviços de saúde, educação e segurança tão precários. Parabéns ao autor por nos lembrar os nomes destes senhores, e para sairmos do comodismo e protestar mesmo.

GVC Irônico disse...

Parabens, professor! Seria mais vantajoso para o governo estadual utilizar este dinheiro que paga aos ''maravilhosos'' ex-governadores para melhorar os salarios irrisórios dos funcionários. E você, professor, deveria dar aulas nas ruas, nas praças, nos bares, para ver se esse povo entende o que é protesto com ironia. Mais uma vez parabens!

Valério disse...

Parabens professor sou filho de rondonia, estes que não entenderão seu artigo com serteza vinherão com as uzinas, e temos de aguentar isso.

Comentário retirado do site www.tudorondonia.com.br

Kalel disse...

Algumas considerações: 1. o professor foi ironico (assim espero!), logo nao dá pra ficar com raiva de defender o indefensavel - aposentadorias absurdas. 2. não vejo sentido em ofender o autor (q colocou a cara a tapa), não foi ele q elaborou, nem tao pouco aprovou, nem muito menos concede as malditas aposentadorias. 3. se fossem mais conscientes, utilizariam essa força toda (pra ofender, brigar e bater boca pela net) para ajudar outros a votarem de forma mais consciente, por exemplo. 4. só discordo do professor pelo ponto de vista tipico do brasil: pessimista, achando q tá tudo uma merda e sempre será assim. abraços

Altamiro disse...

CARO NAZARENO E LEITORES"ATÉ OS QUE NÃO ENTENDERAM" SEUS COMENTÁRIOS AS VEZES ME FAZ PASSAR RAIVA ,MAS ESTE VC. CONSEGUIU ME CONQUISTAR NÃO PELAS IRONIAS MAS SIM PELOS POLÊMICA/COMENTÁRIOS DOS INTERNAUTAS,PARABÉNS !!!!

Comentário retirado do site www.tudorondonia.com.br

Simone Gonçalves disse...

EITA PROFESSOR ESCROTO. MUITO BOM, PERFEITO. ADOREI. UM ABRACO MEU MESTRE.

Comentário retirado do site www.tudorondonia.com.br

Felipe Radamés disse...

o que o professor fez foi ironizar comm essa aberação de aposentadorias, sugerindo até que ela seja extendida para outros...

Comentário retirado do site www.tudorondonia.com.br

João Roberto disse...

O NAZARENO TA COM TUDO E CORAJOSO E SABIO; MAS O JÃO SEVERO NÃO SABE NADA DE NADA E AINDA QUER DAR AULAS A NAZARENO.

Comentário retirado do site www.tudorondonia.com.br

Osvaldo Rolenthur Gomes disse...

É de "embrulhar o estômago de tanto rir" !!! Como tem gente que não entedeu nada das "entrelinhas" do Sábio Professor !!! São por estas e outras coisas que sempre vão "aparcendo" os "DUBLÊS DE POLITICOS"

Comentário retirado do site www.tudorondonia.com.br

Dejania disse...

CARO SGT. MOREIRA,QUANDO FOR CORRIGIR E XINGAR ALGUEM,POR FAVOR VERIFIQUE SUA ORTOGRAFIA,POR EXEMPLO:"TRISTE COM EM","INTENDER","SAIT","DEIXA DE SER BURROS",ISSO SEM CITAR;"MÃO TEM NEM".

Comentário retirado do site www.tudorondonia.com.br

Wal disse...

È meu caro professor, nosso pais, incluindo lógico o estado de Rondonia é uma VERGONHA, A POLITICAGEM é a lepra, é o cancer, é a gripe espanhola que destrói uma potente nação.

Ari disse...

Professor, perdão eles não sabem o que falam, existe o analfabeto Funcional,como existe.

Comentário retirado do site www.tudorondonia.com.br

Carlos Augusto F. Santana disse...

E começa agora o programa "A Hora da Comédia", um programa que tenta explicar o inexplicável. Vou dizer, o que é injusto. Injusto é professores e profissionais da Educação e Saúde ganharem um salário "vagabundo", terem de pagar para trabalhar e viver com o mínimo de dignidade. Pessoas do Cone Sul, terem de deslocar-se até Porto Velho, para aguardarem atendimento sentadas no chão. Isso é injusto. Vergonhoso levantarem essa "pseudo" injustiça.


Comentário retirado do site www.tudorondonia.com.br

José Gonzaga disse...

o cinismo e a chacota são armas dos pusilânimes. A discussão não se resume ao mérito: no sistema democrático essa discussão deve ser exaurida no período eleitoral. Após isso só o legal. Os falso moralistas não enfrentam o cerne do fato. Todos no país têm direito a aposentadoria, mal professor, mal jornalista... porque um governador de estado não teria? A discussão não pode ser oportunista e pessoal. Esses arautos da boa nova deveriam aglutinar e debater o que a sociedade pretende ou se igualam aos criticados.



Comentário retirado do site www.tudorondonia.com.br

João disse...

Parabens Professor, obrigado por refrescar a memória do povo Rondoniense. Acorda Povo, OS TEUS HERÓIS SÃO FRACOS.

Comentário retirado do site www.tudorondonia.com.br

Adegildo Pereira Lima disse...

pelos serviços que fizeram já foram muito bem pagos, sendo que alguns diga-se de passagem deveriam muito ao estado de rondonia pelo que não fizeram.


Comentário retirado do site www.tudorondonia.com.br

Fernanda disse...

"Rondônia: o Império da Roça de Ivo Cassol". Professor, fantástico seu texto. Pessoal, leiam até o final que vocês verão que, na verdade, se está fazendo uma grande crítica a todos os governantes que Rondônia já teve. Enquanto Mato Grosso, nosso vizinho é o maior produtor de soja do país, vai sediar a copo de 2014 e conhecido nacionalmente, as pessoas em todo o restante do território nacional ainda se perguntam onde é mesmo Rondônia ou se Rondônia não é a mesma coisa que Roraima. É o estado em que nasci, mas ainda um Estado de merda porque governado por pessoas sem o menor preparo e que só querem sugar dos cofres públicos. Espero que Confúcio pare de pirotecnia e assuma o papel do qual foi incumbido na eleição do ano passado. Rondônia precisa de um verdadeiro Estadista e não de um palhaço.

Comentário retirado do site www.tudorondonia.com.br

Onofro Mariano disse...

se todos são iguais perante a lei, acho que todos os ex funcionários deveriam também ser aposentados.Outra coisa que o professor Nazareno fala é dos fichas sujas que recebem votação maciça dos eleitores, acho que isso só acabaria se a população aprendesse a votar e que ficha suja deveria valer também para o eleitor, porque quem é bandido solto só vota em bandido.O povo brasileiro é muito pacífico, não faz manifestações, veja o que está acontecendo no Egito, aqui pra mudar só se fizer como eles, ir para as ruas e se manifestar.

Comentário retirado do site www.tudorondonia.com.br

POVO disse...

Professor porreta,agora tenho certeza que os ex-governadores tiveram mais beneficios proprios que o estado. È comparar quando eles entraram como gornadores e quando saíram.


Comentário retirado do site www.tudorondonia.com.br

João Lima disse...

Gostei muito do seu comentário. Sei que muita gente não entendeu. Aproveitando a oportunidade, gostaria de sugerir também, aposentadoria para os ex-Prefeitos. Acho que eles também merecem ! Por que não ? Basta somente dar umas voltas pela cidade, principalmente, pela periferia. Que beleza ! Neste final de semana, estive andando pela Rua Algodoeiro, e percebi a mão da administração municipal. Ruas sem buracos, sem lama, com esgoto, sinalização perfeita, enfim, parece que você está num país de primeiro mundo. Moro no bairro das pedrinhas, e vejo também, o trabalho desenvolvido pela Prefeitura. Uma beleza ! Ruas limpas e sem buracos, serviço de esgoto de 1ª qualidade. Reclamar de quê ! A cidade toda está assim. Então diante de tudo isso, acho que os ex-Prefeitos também, merecem uma aposentadoria. Afinal de contas, prestam um grande serviço ao município. Infelizmente, esses políticos são eleitos por pessoas despreparadas. Diante disso, não vejo a curto prazo, saída para resolver os problemas do nosso país. Vejo muita coisa legal nesse país, porém, na minha modesta opinião, imoral. Além da aposentadoria de ex-governadores, existem outras aberrações que deveriam ser acabadas. Acabar com indicação de Conselheiros para os Tribunais de Contas (por que não privilegiar os servidores de carreira). Muita gente, principamente, o povão, não sabe que existe um tal de auxílio reclusão. Esse auxílio, hoje, é de R$ 798,00. Tal auxílio é para a manutenção da família do detento. Na minha opinião, isso é um absurdo. Enquanto isso, um trabalhador, ganha R$ 510,00 para manter sua família e pagar suas contas. Será que isso é justo ? Isso é uma vergonha, como diria Boris Casói. Obrigado pela atenção !

Comentário retirado do site www.tudorondonia.com.br

Luiz Recktenvald disse...

JOÃO SEVERO E TODOS OS QUE CRITICARAM O ARTIGO DO PROF. NAZARENO: O Prof. Nazareno é um dos melhores professores de Língua Portuguesa da Capital, sendo um dos co-responsáveis pela excelência do enisno ministrado na Escola João Bento da Costa, a qual, embora Escola Estadual, apresenta o melhor índice em aprovação de alunos em Vestibulares aqui e fora do Estado. Dito isso, considero que todos aqueles que criticaram o conteúdo do texto, deveriam tentar uma vaga no João Bento, para ver se aprendem a compreender e interpretar um texto, tão claramente redigido. Nazareno ! Não se abale diante de tantos comentários chulos, indecentes e ignóbeis, pois isso retrata o quanto os professores ainda tem a fazer. Prossiga, redigindo suas críticas e provocando tantas críticas (felizmente uma boa parte delas provindas de pessoas esclarecidas).


Comentário retirado do site www.tudorondonia.com.br

Luiz disse...

NA VERDADE ESSAS PESSOAS QUE DEFENDEM O ERRO DEVE TER UMA CABEÇA MUITO OUCA, NÃO DEVEMOS SER A FAVOR DO ERRO, A MAIORIA DESSES GOERNANTES ENTRARAM DE UMJEITO E SAIRAM DE OUTRO, QUASE TODO GOVERNANTE QUANDO SAI DO PODER SERÁ QUE SAIRAM DO JEITO QUE ENTRAM ? ALGUEM TEM CERTEZA DISSO ? PESSOAL VAMOS VER SE REALMENTE ELES MERECEM RECEBER TANTO DIN DIN, NINGUEM É CRIANÇA PARA NÃO SABER O QUEFAZ.

Luciano Lima disse...

Já que a pilantragem tá na alta, proponho que seja criada e mantida uma aposentadoria para os ex-vereadores e ex-secretários. Acredito que além dos 15 ex-governadores, a todos os ex-... deveríamos ser mais solidários, afinal eles vão ficar velhos e prestaram enormes serviços a terceiros! Faça-me o favor, né!

O SOMBRA disse...

ESSE PROFESSOR NEM SE QUER É GRADUADO COMO TAL PARA SE INTITULAR COM ESSE TÍTULO, O MESMO, ENCONTRA-SE EM DESVIO DE FUNÇÃO POIS, ELE É TECNICO. SE QUER SER PROFESSOR ESTUDE E FAÇA UMA GRADUAÇÃO.

Távora Lima disse...

O comentario do professor Nazareno, diga -se de passagem, foi de uma maneira real e correta, em meu entender, sem deixar de enaltecer os feitos que foram efetuados pelos ex governadores de nosso estado,tal pensão é uma imoralidade, visto as postulações efetuadas de maneira um tanto com ar de pespicacia e ar de deboche, ao comentar o feito de cada ex mandatario de rondônia, entendo que essas benefices são um tanto imorais, assim quis transmitir o nobre professor em seu comentario, pois enquanto que um trabalhador tem que labutar durante 35 anos de sua vida e ter a idade minima se não fale a memoria de 53 anos para se aposentar, um governador passa 45 dias como foi o caso da Dra. Janilene e adquiri o direito de se aposenta como governador.Quero aqui esternar o meu respeito ao nobre Professor Nazareno e a toda a equpe de professores de rondônia, pois eu tenho a plena convicção que o começo de tudo é a educação, se tivermos realmente imprimido o valor que todo mestre deveria ter, o nosso país seria melhor, temos o exemplo da europa. Aroveito a oportunidade do Ilustre professor e comento, nada mais do justo o almento de tarifa urbana, presenteada pelo Sr. Prefeito Roberto Sobrinho as empreesas, afinal temos os melhores onibus do País, com uma higiene impecavel e com todo o conforto que deveriamos ter, a tarifa deveria ser majojorada não era par R$2,60 mais R$ 3,00.

João Severo disse...

Eu quero pegar alguém criticando os meus comentários, pois eu quero olhar bem nos olhos dele e dar um grito bem alto assim: VAI PLANTAR BANANEIRA SEU OJERIZA

Comentário retirado do site www.tudorondonia.com.br

Adelto Rodrigues disse...

Nobre PROFESSOR,sou academico de história,e serei professor tambem.Quero aqui lhe dar PARABÉNS.Quanto aos comentarios contrarios,explica porque temos politicos desse nivel,que passaram pelo governo do estada,ou que .Pessoas que pensam assim vatam,e são maioria. PROFESSOR NAZARENO,PARABÉNS.


Comentário retirado do site www.tudorondonia.com.br

Adriano Silva disse...

Sem intenção alguma de menosprezar o texto do Professor, pois digno de todos os elogios dos comentários, vislumbro a mais digna característica do povo Brasileiro: A indignação! Somos exímios no exercício da indignação, porém não ultrapassamos jamais este limite. Somos um povo naturalmente indignado e temos todas as razões para isso, e algumas delas aqui muito bem expostas. Fosse em qualquer outro país desenvolvido ou em desenvolvimento e já teríamos uma terrível insurreição populacional, ou mesmo uma guerra civil, ante as tais aposentadorias, ou diante daquele aumento de 62% para os parlamentares. Essa é a diferença dos brasileiros indignados e os povos de atittudes.

Aristóteles Alves disse...

Parabéns, querido Nazareno. Como é comum de sua parte, as críticas contidas nesse texto diz tudo. Infelizmente vivemos num país onde impera a corrupçaõ, falta de políticos sérios e honestos, pena que os poderes responsáveis para acabar com essa aberração de "aposentadoria", são comprometidos, recebem dinheiro dos poderosos para beneficiarem eles próprios e fazem vista grossa. espero que um dia esse povo se eduquem e promovam a verdadeira mudança.


Comentário retirado do site www.rondoniaovivo.com.br

Ianilson Frazão Tolentin disse...

Grande Nazareno! Para um povo que elegeu umas tranqueiras como Natan Donadon, Nilton capixaba, Cassol e outras coisas estranhas a etica, ao bom senso e a honestidade, o que e a aposentadoria dos ex-governadores? Simplesmente,Nada! Infelizmente, Ficha suja, na maior parte das vezes em nosso pais, e a garantia de sucesso eleitoral. Uma pena, em um pais que carece de tanto e que tao pouco pode ser considerado o maximo, quase uma obra divina. Mais uma vez, parabens, pela lucidez, sensatez, favor e coragem em nos brindarmos com mais essa perola. Um abracao das Terras Altas! Ivanilson


Comentário retirado do site www.rondoniaovivo.com.br

Alysson Lopes disse...

Maravilhoso texto. Digno de Diogo Mainardi em seus mais inspirados dias. Parabéns Professor!!

Michele disse...

Há muito tempo deveria ser extinto a aposentadoria dessa cambada.Professor Nazareno parabéns,tenho muito orgulho de ter sido sua aluna.

José Luiz da Silva disse...

Parabéns pela matéria,Professor Nazareno, de modo crítico inteligente sabemos o que o Sr. quiz dizer.Porém, me perdoa se estiver errado, mas, quando se faz a pergunta: Por que ninguém questiona os salários do Judiciário? - não podemos esquecer que lá a grande maioria faz jus ao salário que recebe, entre outra coisas também são concursados e se tiverem processos na justiça não toma posse. Um abraço!

Thiago Fernando disse...

Para não dizer esplêndido Fenomenal Prof° Nazareno,Ainda mais quando Resolve Futucar Onças com Vara curta "Império da Roça" o que cacetava professores em greve e não precisava de estudos para nos governar´. Esse sim HEIM PARTICULAR Merece como NINGUÉM RECEBER NOSSO SUADO DINHEIRINHO APEZAR DE NÃO OPTAR Mais como Na Ditadura do seu Governo, ainda vai nos alegra mais e mais nos seus 8 anos de mandato SÓ espero que ele não mande CACETAR novamento nossos mestres.....

Francisco de Souza disse...

TODA ESSA VERGONHA SO DEIXA A NÓS FILHOS DE RONDONIA,UMA GRANDE CERTEZA QUE COMO NOS CASOS DA BORRACHA, DO OURO E DAS PEÇAS DAS LOCOMOTIVAS DA ESTRADA DE FERRO MADEIRA MAMORÉ,A FALÊNCIA DO BERRON...CHAMAR A POLICIA?!

Antônio de Pádua disse...

Parabéns professor pelo comentário. Pena que no Brasil não temos pena de morte para estes Políticos pilantras. A população de Rondônia também parece que gosta de massoquista( gosta que estes políticos monte emcima e dee uma esporada pra ver se está doendo), votar nesta casta de bandidos. Vamos mudar minha gente!!!!!!!!.

Rubens Bastos disse...

Nosso povo será por muitos anos à frente sinônimo de atraso por conta da burrice que nos é peculiar. Parabéns Professor Nazareno por lembrar até de escrementos como Jerônimo Santana e Pianna.

Wanderley disse...

ESPETACULAR TEXTO NAZARENO. UMA FORMA IRREVERENTE DE MOSTRAR A DURA REALIDADE EM QUE VIVEMOS, NUMA MISTURA DE INFORMAÇÃO E IRONIA. NÃO DEIXE DE ESCREVER SOBRE A ELEIÇÃO DA PRESIDÊNCIA DA ALE/RO, DE QUANTO CUSTA A NÓS, CONTRIBUINTES, UMA ÚNICA SESSÃO EXTRAORDINÁRIA NA CASA LEGISLATIVA.

Luiz Eduardo da Silva disse...

senhor José Luiz, infelizmente, mesmo concursados, o judiciário, o MP, etc, recebem adicionais em seus salários que são legais e TOTALMENTE IMORAIS.

Comentário retirado do site www.rondoniaovivo.com.br

Sandra Silva disse...

Caro Professor, Quero aqui, diante dos demais leitores deste jornal, fazer meu pedido de desculpas, se é que ainda vale.Qdo comecei a ler o seu texto, parei no primeiro parágrafo, pois tive a ideia errônea de que seriam como muitos outros publicados, confesso que não cheguei ao final, conclusivo, onde a ironia está bastante evidente.Quero que saiba que me deu uma lição (a de que é preciso compreender e bem compreender, para depois se pronunciar. Recebi seu e-mail, muito educado, compreendendo que eu não entendera o sentido do texto. O Senhor, realmente, é um cavalheiro. Obrigada!


Comentário retirado do site www.tudorondonia.com.br

Pedro Francisco disse...

Caro Professor Nazareno, sou fão de suas escrituras, sempre as leio. Esta sem dúvida foi um alerta à população de Rondônia, especialmente à de Porto Velho, falo isto pq esta cidade está um mercenarismo só.Agora quanto as aposentadorias, isto não carece nem comentar, nós deveríamos ter vergonha destes políticos todos.


Comentário retirado do site www.rondoniaovivo.com.br

José Pereira disse...

caros amigos...É incrível a acomodação do povo brasileiro, parece que só sabem se mobilizar para futebol e carnaval. Enquanto isso nossos políticos estão arquitetando em como roubar e obter prívilégios, isso remonta o tempo dos cesares que mantinham o povo distraidos nos coliseus oferecendo comidas e jogos... Parece que nos contentamos com tão pouco. Alguém tem que levar vantagem disso tudo, não é gente?


Comentário retirado do site www.tudorondonia.com.br

Itan Alan disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Graziele disse...

Eu tô imaginando o senhor Professor, lendo todos esses comentários e se matando de rir! O texto tá 10, aliás, todos sempre estão! Pena que ainda existem pessoas incapazes de ler um texto como esse e não interpretá-lo! Parabéns professor, AMO os seus textos!

Mr. Ítalo disse...

Prof. como sempre vai direto nas "chagas"...
Um texto irônico que sem embasamento ou sem um pré-conhecimento dos leitores torna-se um agradecimento aos nossos tão corruptos políticos.
Ótimo texto!
Se duvidar alguns deles vão pedir uma gratificação salarial para o sr.
Seria tão legal...

Abraços

Itan Alan disse...

Caramba o Professor fala uma coisa eles entendem outra eu acho que nem leram o texto!
O Texto é irônico !
Quantos Analfabetos Funcionais não sabem interpretar um texto.
Onde esse mundo vai parar.

Gabriel M. disse...

nossa tem muita gente idiota que nao sabe interpretar um texto e ve que ele é irônico : joão severo, marcio, maria das dores etc. Bando de alienados que nao entendem poha nenhuma.